RAPIDINHAS DO FIM DE SEMANA. “Eles Vivem!”

Sorriso

QUEM? LUIZ ESTEVÃO?

Segundo um amigo empresário, o governo Rolemberg é governo de 4 anos, tal qual o governo petista. E tem mais, o próximo candidato ao Buriti que terá o apoio solidário de Roriz, Arruda e Gim  é LUIZ ESTEVÃO!!!

ROUBAM, MAS FAZEM

Segundo esse mesmo empresário, o estilo “ROUBA , MAS FAZ” agrada a população que não vê com bons olhos a administração petista, pessebista e pedetista. Segundo ele, os “ladrões” (acima citados) governam para todos: ricos, pobres e ladrões! E ainda, sabem administrar!

OS “PIT BULLS” VIRTUAIS

E olha que eles  têm seus cães de guarda,  fiéis, inclusive policiais e bombeiros que vociferam ofensas e vomitam suas convicções  “eivadas de uma superioridade inquestionável”...

Leia mais

REDE DE PROTEÇÃO POLICIAL. “CADA POLICIAL, UM ANJO DA GUARDA”

policial-e-anjo“CADA POLICIAL, UM ANJO DA GUARDA”

VIOLÊNCIA CONTRA AGENTES POLICIAIS

Certa vez disse em um dos meus textos que nós (policiais) também podemos ser vítimas da violência que assola a sociedade, afinal de contas, também fazemos parte dessa sociedade, não somos de marte e muito menos super-homens. Frequentamos os mesmos locais que as pessoas comuns, assim como nossa família, então não há motivo para pensar que seria diferente conosco. O que deve ser avaliado são as circunstâncias dos ocorridos. Mata-se por que são agentes estatais. Então que a pena seja maior para o homicida.

REDE DE PROTEÇÃO

Façamos das redes sociais nossa aliada...

Leia mais

SARGENTO DA PMDF E BOMBEIROS DF SÃO NOMEADOS ADMINISTRADORES POR ROLLEMBERG

Diplomação RooseveltROOSEVELT VILELA É O NOMEADO ADMINISTRADOR DA CANDANGOLÂNDIA E BANDEIRANTES

Publicado no DODF de 19 de janeiro de 2015 a nomeação do SGT QPBMC ROOSEVELT VILELA como administrador das cidades da Candangolândia e Bandeirantes. Cabe lembrar que o nobre colega obteve 9 mil votos no último pleito e vem numa trajetória crescente de votos. O  desafio assumido é o  de administrar duas cidades que juntas somam quase 50 mil habitantes, missão dada , missão cumprida. Boa sorte Roosevelt, nossos sinceros parabéns.

Roner Gama e Eduardo Louzeiro

 SARGENTO RR PMDF Edberto Silva

SGT EDBERTO

O nobre colega, Sargento da RR , foi confirmado interinamente na administração do GUARÁ/SIA. Parabéns ao policial.

COMENTO

Bom, a estratégia de assumir uma administração é válida politicamente? Sim, é válida por...

Leia mais

DECRETADA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA NA SAÚDE PÚBLICA DO DF. PROFISSIONAIS DE SAÚDE DA PMDF , CBMDF e PCDF PODERÃO SER REQUISITADOS PELA SECRETARIA DE SAÚDE.

DECRETO Nº 36.279, DE 19 JANEIRO DE 2015.
Declara a situação de emergência no âmbito da Saúde Pública do Distrito Federal e dá outras
providências
ADM PÚBLICA
O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições que lhe conferem os artigos 100, inciso XXV, da Lei Orgânica do Distrito Federal, e,
CONSIDERANDO o disposto no artigo 196, da Constituição Federal, “a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”;
CONSIDERANDO o dever constitucional de o Poder Público garantir à população o acesso integral e igualitário às ações e serviços de promoção, proteção ...
Leia mais

REAÇÃO INDEVIDA À ABORDAGEM POLICIAL NÃO GERA DANOS MORAIS.

REPARAÇÃO DE DANOS MORAIS E MATERIAIS. POLÍCIA. ESTRITO DEVER LEGAL. LEGÍTIMA DEFESA. REAÇÃO VIOLENTA DA VÍTIMA COM ARMA DE FOGO OBJETO DE FURTO. EXCLUSÃO DA ILICITUDE. SENTENÇA PENAL FAZ COISA JULGADA NO PROCESSO CÍVEL. SENTENÇA MANTIDA.

Justiça
1) A vítima fatal reagiu indevidamente à ABORDAGEM  policial em seu estabelecimento, portando, inclusive, uma arma pertencente à Polícia Militar, objeto de furto.
2) Percebe-se que os policiais estavam a cumprir o seu dever e agiram em legítima defesa e estrito cumprimento do dever legal, de acordo com o disposto no art. 188 do Código Civil e no art. 23 do Código Penal
3) Existindo julgamento da Auditoria Militar que reconheceu a exclusão da ilicitude por estarem os agentes agindo em legítima defesa e no seu estrito cumprimento do dev...

Leia mais